123 Flash Menu Placeholder.
Início
Gripe ou Resfriado
Febre

Os sintomas da gripe são freqüentemente mais graves do que os do resfriado.

A gripe é causada pelo vírus da Influenza e provoca febre alta, dores pelo corpo que, freqüentemente, deixam o indivíduo acamado. A recuperação completa pode durar até uma semana e pode complicar com pneumonia e até matar, em alguns casos.

O resfriado é causado por diversos outros tipos de vírus, têm sintomas parecidos porém muito mais leves, suaves e com menor duração. Ele pode cursar com tosse, dor de garganta, dor no corpo, coriza, etc.

sintomas

A gripe e o resfriado possuem alguns sintomas em comum, como congestão nasal, coriza (nariz escorrendo) e tosse. Mas são causados por vírus distintos e apresentam intensidades também diferentes. O resfriado começa aos poucos, com coriza e espirros e quase sempre sem febre. Já a gripe ‘derruba' a pessoa de uma vez, com febre alta e intenso mal-estar geral.

Além disso, com resfriado a pessoa até consegue trabalhar ou ir para a escola, mas com uma gripe, provavelmente, não conseguirá sair da cama.


termometroSaiba Mais : Gripe ou Resfriado?

ggripexresfriado

 

termometroSaiba Mais : Diferença entre gripe e outras doenças respiratórias


As doenças respiratórias em geral, inclusive a gripe, apresentam sintomas semelhantes, como espirro, coriza, tosse e mal-estar. Mas, se durante o inverno há o aparecimento repentino (súbito) de febre, acompanhada de dores musculares (mialgia), calafrios e fadiga, pode-se definir o problema como gripe.

A rinite – inflamação alérgica da mucosa do nariz -, por exemplo, causa espirros repetidos, coriza e coceira no nariz. Não causa, porém, a febre, as dores musculares, os calafrios e a fadiga que são provocados pela gripe e que deixam o paciente de cama.

A sinusite – inflamação dos seios paranasais, que pode ser também de origem alérgica - é mais comumente causada por infecções bacterianas (não virais), e, mesmo quando acompanhada de febre, é mais gradual que a gripe, com sintomas principalmente nasais, dor de cabeça e tosse, não apresentando, portanto, início repentino nem sinais como mialgia e aguda fadiga, típicos da gripe.

pulmao

termometroSaiba Mais : Como diagnosticar a gripe

O diagnóstico da gripe deve ser feito pelo médico, a partir dos sintomas informados pelo paciente e pelo exame físico.
É importante analisar se o quadro é de gripe realmente ou outra doença respiratória. É o chamado ‘diagnóstico diferencial'.
Nos casos em que a avaliação clínica não foi suficiente o diagnóstico definitivo pode ser feito através de exames laboratoriais (sangue e/ou secreções respiratórias).

Caso haja complicações, testes complementares, como a radiografia do tórax, também podem ser solicitados.

Em razão dos sintomas, a gripe pode ser confundida com o resfriado comum e outras doenças respiratórias. Por isso, é importante consultar o médico quando, durante uma época fria do ano ou após o contato com alguém doente, a pessoa apresentar, de repente, febre alta ou pelo menos um dos seguintes sintomas: tosse, mal-estar geral e dores musculares.

Fontes: Toniolo JN. A história da gripe – a influenza em todos os tempos e agora. 1ª edição. São Paulo: Dezembro Editorial, 2001:77.

Contato

Apóie este site